terça-feira, 28 de setembro de 2010

Abraça-me - David Quinlan e Heloísa Rosa


Ouvi uma música falando sobre ser como criança e fiquei meditando, relembrei minha infância e de como certas coisas pareciam ser tão simples, sem complicações, era como se vivesse em outra dimensão, um lugar muito diferente do mundo onde eu realmente estava inserida!

E agora compreendo melhor o que exatamente significa ser como criança, não é apenas o fato da inocência, mas a realidade de viver em uma outra atmosfera, aquela onde o impossível não existe e que os sonhos são realidade, onde tudo é novo e sublime, onde impera a simplicidade, o amor e a dependência do PAI!
Ser criança é ter a esperança de um futuro, de olhar a vida com olhos curiosos, esperando por um amanhã! É não ter pressa, nem viver sufocado, ser humilde e não guardar rancor!
É pular de alegria, só porque na rua está um sol lindo para brincar e se por acaso chuver, ficar contente porque pode tomar um banho de chuva sem ter medo de ficar doente!
É não ter vergonha de dizer que não sabe ou que não conhece, é ficar empolgado porque descobriu algo novo, é não ter medo de errar, mas se errar, não ter receio de corrigir!
É viver com o coração transbordante, confiante, porque lá dentro o amor do Pai é real!
É SER TOTALMENTE DEPENDENTE DOS CUIDADOS DO PAI! E EU QUERO SER ASSIM, COMO CRIANÇA, DEPENDENDO DO MEU PAPAI!
TE AMO MEU DEUS, MEU SENHOR, MEU PAI!
“Em verdade vos digo: Quem não receber o reino de Deus como uma criança de maneira nenhuma entrará nele.” Marcos 10:15

Nenhum comentário:

Postar um comentário