quarta-feira, 18 de agosto de 2010

O processo da frutificação


Israel era a vinha do Senhor. Deus a plantou. Deus a cercou de cuidados, mas Israel produziu uvas bravas. Então, agora, Jesus diz: “Eu sou a Videira verdadeira e meu Pai é o agricultor. Eu sou a videira e vós os ramos.” O Viticultor é o que planta a vinha, ele é o dono da vinha, ele é o que cuida da vinha para que ela produza grande quantidade e com excelente qualidade.
Os ramos só têm duas finalidades: eles só servem para produzir fruto ou para serem queimados. Deus, como viticultor espera frutos de nós. Nesta parábola Jesus falou de quatro tipos de ramos:
Cesta 1 – NENHUM FRUTO
Cesta 2 – FRUTO
Cesta 3 – MAIS FRUTO
Cesta 4 – MUITO FRUTO
Qual é a importância de se produzir frutos? Jesus diz: “Eu vos escolhi a vós outros, e vos designei para que vades e deis frutos, e o vosso fruto permaneça” (Jo 15:16). Estamos aqui para cumprirmos os sonhos de Deus e trazermos glória para o seu nome através de uma vida frutífera.
Qual é o nível de produção de frutos dos cristãos de hoje?

Referência: João 15.1-11

Nenhum comentário:

Postar um comentário